Assembleia de recuperação judicial da Avianca acontece na sexta-feira (5) em São Paulo

0

O difícil momento que a Avianca Brasil atravessa ainda não tem seu desfecho garantido. Nas últimas semanas são diversas as notícias na mídia sobre devolução de aeronaves, venda de ativos, audiências e também sobre o plano de recuperação da empresa.

No próximo dia cinco de abril, uma assembleia deverá reunir os credores da empresa em São Paulo para que seja discutido o plano de recuperação judicial proposto pela companhia aérea. O que poderia facilitar a aprovação do plano, a devolução de aviões arrendados, tornando mais viável o reestabelecimento da empresa, não foi aprovado pelos proprietários das aeronaves por falta de consenso, segundo informações da coluna Painel S.A., da Folha de S. Paulo.

Para viabilizar a venda de ativos da empresa, Uma Unidade Produtiva Isolada (UPI) chamada Life Air seria criada, contendo até 28 aeronaves e outorga de horários de chegada e partidas (slots). Está UPI irá a leilão, e existe a possibilidade de ser adquirida pela Azul, segundo informações do Sindicato Nacional de Aeronautas.

Para o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre, hoje as incertezas se somam e não permitem que qualquer entidade faça uma previsão do que poderá acontecer. Segundo a entidade, o que podemos prever é a postura responsável que as entidades sindicais devem exercer por todo o país neste momento delicado da Avianca. Conforme os diretores do Sindicato, este é o momento de buscar os direitos e de prover proteção para os trabalhadores, sejam aeronautas ou aeroviários. A entidade está atenta, junto aos demais sindicatos e à Fentac/CUT, e estuda dentro desse coletivo, quais medidas podem ser tomadas para auxiliar a empresa em sua recuperação, mas principalmente para manutenção dos postos de trabalho.

Share.

Leave A Reply

6 + 3 =