Featured

Sindicatos de aeroviários barram criação do sindicato das Auxiliares

EDITORIAL

A tentativa de criação de um sindicato de trabalhadores das Auxiliares foi frustrada, no último sábado (8/11), mas o risco de constituição dessa entidade continua. Continuar lendo

Telefones

Devido a problemas técnicos na telefonia do Sindicato, a entidade está disponibilizando dois números para atendimento aos aeroviários:  (51) 3029-4436 e 3326-0930.

Professores prestam solidariedade aos demitidos na TAP ME

A seção sindical do Andes (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior) na UFRGS divulgou uma nota de solidariedade aos aeroviários, diante das demissões na TAP ME. Veja a nota na íntegra: Continuar lendo

TAP ME Brasil atrasa salários e já demitiu 102

A TAP ME atrasou o pagamento dos salários de vários funcionários este mês. O atraso foi de até cinco dias, prejudicando vários trabalhadores, que terão que arcar com multas e juros para pagar suas contas. Questionada, a direção da empresa disse que pagou 70% do pessoal produtivo. Continuar lendo

Pesquisa da TAM não agrada a categoria

A TAM está fazendo nova pesquisa de clima junto aos funcionários. Quer saber, por exemplo, se as políticas da empresa são claras. Mas os trabalhadores comentam que sequer a pesquisa é clara. Continuar lendo

Trabalhadores da Contax conquistam ACT

Em assembleia realizada pelo Sinteel-RS, em 3 de novembro, os trabalhadores da Contax aprovaram a proposta de Acordo Coletivo e de PPR, dando fim a greve que durou quase um mês. Eles retornaram ao trabalho vitoriosos no dia  4. Continuar lendo

GEVAR

O grupo de evangélicos da antiga Varig realiza confraternização para comemorar os 15 anos de existência, no dia 20 de novembro, às 17 horas, no CTG da Fundação Ruben Berta.

TAP ME demite mas altos salários permanecem

Nenhum do$ intocávei$ até agora foi demitido

A empresa de manutenção aeronáutica TAP ME deu início, há cerca de uma semana, a um processo de demissões que deve resultar numa redução de cerca de 7% dos seus postos de trabalho. Desde o dia 28 de outubro, 62 aeroviários perderam o emprego na base de Porto Alegre. Continuar lendo

VEJA MAIS ARTIGOS