Aeroviários rejeitam proposta patronal e reafirmam negociação por ganho real

0

Em assembleias nesta segunda (3) e terça-feira (4), a categoria aeroviária de Porto Alegre rejeitou por unanimidade a proposta apresentada pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) na última quinta-feira (29). A consulta foi feita em todas as empresas que atuam no Salgado Filho e em seus anexos, contando com participação maciça dos trabalhadores.

Contendo apenas a reposição da inflação nos índices econômicos, reajuste inferior ao que foi pedido pelos trabalhadores, e um banco de horas considerado inaceitável pela categoria, pelo seu tempo longo de duração (que seria de 12 meses) e por não ter limite de horas, o pacote oferecido pelo Snea não agradou os aeroviários gaúchos. Ainda outras duas cláusulas pedidas pelo Snea foram rejeitadas, a cláusula que isenta as empresas áreas do fornecimento de REP (Registro Eletrônico de Ponto) e a modificação para pior da cláusula de estabilidade às vésperas de 3 anos da aposentadoria, tornando obrigatório o fornecimento de um documento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Dada essa rejeição por parte da categoria, foram debatidos alguns itens com os trabalhadores para formar a contraproposta que será levada pelos sindicalistas para a mesa de negociação. Nos índices econômicos, os trabalhadores pedem que, além da reposição da inflação do período, seja concedido um ganho real de 1%, e para isso, concordam com a cláusula proposta pelas empresas que define que a concessão de passagens não pode ter efeito remuneratório.

O Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre vê na oferta do Snea um reajuste insuficiente, já que a reposição da inflação serviria apenas para devolver aos trabalhadores o que já foi retirado dos seus salários durante os últimos doze meses. O Sindicato afirma que continuará firme na negociação pelas conquistas projetadas pela categoria para esta Campanha Salarial.

Ainda nesta semana, na quinta-feira (6), os sindicatos filiados à Fentac/CUT irão se reunir novamente com o Snea para debater a contraproposta. Após a reunião, as entidades deverão consultar novamente as suas categorias.

Share.

Leave A Reply

7 + 5 =