Momento crítico da pandemia em Porto Alegre requer cuidados

0

Como vem sendo divulgado pela mídia nos últimos dias, a capital dos gaúchos vive agora o momento mais crítico desde o início da pandemia. Conforme números divulgados pelo Correio do Povo nesta quarta-feira (28), a ocupação dos leitos de UTI está em 97,75%, e já nesta quinta (25) conta com uma fila de espera de mais de 100 pessoas infectadas.

Como agravante desta situação, há ainda a especulação de que os reflexos das aglomerações do feriado de carnaval ainda não tenham se mostrado completamente, podendo piorar ainda mais esse cenário já bastante complicado.

Com a ausência de medidas mais rígidas de controle pelo poder público, o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre vem nesta matéria pedir que os trabalhadores aumentem os seus cuidados o quanto for possível. “Higienizar as mãos e as superfícies de trabalho já não é suficiente, é preciso utilizar a proteção correta”, afirmam os diretores da entidade fazendo referência às máscaras atualmente indicadas, PFF2 ou N95, que possuem certificação do Inmetro e são eficazes contra as novas variantes da covid-19.

Os aeroviários, categoria que está sendo fundamental no transporte das vacinas para todo o país, devem, segundo os diretores, “permanecer em estado de vigilância neste pico de infecções que estamos vivendo, independentemente da idade ou do estado de saúde atual”.

A entidade também afirma que neste momento crítico os trabalhadores devem reportar imediatamente aos diretores sindicais qualquer protocolo de cuidados que não estejam sendo executados corretamente nas rotinas de trabalho. “Este nosso momento não tolera descuidos, devemos manter uma prevenção muito firme”, finalizam os diretores da entidade.

Share.

Leave A Reply

9 + 2 =