Campanha Salarial: aeroviários da Latam aprovam proposta de ACT

0

Em assembleia na última sexta (20), 134 trabalhadores da Latam participaram da assembleia que decidiu pela aprovação da proposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) da empresa. Dos votantes, 63,4% foram favoráveis e 36,6% foram contrários à proposta.

Das mudanças mais impactantes colocadas pelo novo ACT, o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre destaca o banco, antes praticado em um modelo em que os trabalhadores poderiam folgar em um mês, e caso esta folga não acontecesse, receberiam os valores no mês seguinte. Este prazo para recebimento ou compensação de horas é de 12 meses. Conforme destacado também em materiais anteriormente divulgados pelo Sindicato, constam também as seguintes alterações:

– Pagamento de vale alimentação (VA) por 180 dias em casos de afastamento;
– Pagamento de um VA em uma única parcela, como um 13° VA;
– Homologação dos sócios do Sindicato na sede sindical com participação da empresa por videoconferência;
– Pagamento de VA no período de férias e;
– Pagamento de auxílio creche por 24 meses após a solicitação.

Com validade até o final do mês de novembro de 2021, o novo ACT reúne essas alterações e as demais cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) firmada no ano passado. A direção do Sindicato destaca ainda que o pagamento da mensalidade extra do VA em apenas uma parcela foi uma conquista desta negociação, já que anteriormente a empresa propôs que o valor fosse parcelado em 12 vezes.  

O Sindicato agradece a participação de todos os trabalhadores nesta assembleia. Das 8h às 19h da sexta, diretores sindicais realizaram como que um plantão para que um maior número de aeroviários pudesse participar da escolha, contando com a participação dos diversos setores da empresa. Com a aprovação, o Sindicato encaminhará todos os documentos para a aérea e para os órgãos públicos responsáveis.

Sobre o fechamento desta Campanha Salarial para os trabalhadores da Latam, a entidade destaca o tempo recorde em que foi realizada, antes mesmo da data-base do dia 1° de dezembro. “Muitas Campanhas acabaram por ultrapassar esta data, e até em alguns casos acabaram por invadir o ano seguinte. Com esta aprovação rápida, acreditamos que já em dezembro estas novas cláusulas estejam sendo aplicadas”, pontuam os diretores do Sindicato.

Share.

Leave A Reply

7 + 9 =