Sindicato busca viabilizar reativação do aeromóvel

0

Desde começo da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), o aeromóvel que liga a Estação Aeroporto do Trensurb ao Terminal 1 do Salgado Filho está desativado. Com esse transporte fora de operação, os trabalhadores e passageiros que utilizam o serviço estão desamparados, e são obrigados a fazer o trajeto até o terminal a pé ou utilizando serviços de aplicativos.

Em contato com a Trensurb, o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre constatou que o serviço foi desativado inicialmente por dois motivos, primeiro por sua baixa demanda no momento em que foi tirado de ação, momento esse que era de quase inexistência de voos, e também pela ausência de janelas no aeromóvel, o tornando inseguro na pandemia.

Para o Sindicato, a questão dos trabalhadores é preocupante já que estes não contam também com o ônibus que fazia trajeto semelhante, antes disponibilizado pela gestora dos terminais, a Fraport. Já os passageiros, desavisados sobre a desativação do aeromóvel, contam com o transporte em sua programação, mas acabam por correr para não perder o voo.

A entidade busca viabilizar o retorno do aeromóvel, mesmo que por horário limitado. “Nós pensamos que funcionando apenas nos horários de pico e com uma lotação reduzida, é possível que esse transporte seja seguro”, afirmam os diretores sindicais. Paralelamente as conversas com a Trensurb, o Sindicato também cobra das empresas aéreas uma solução para a questão. Caso haja negativa da empresa de trens, uma segunda opção também está sendo providenciada.

O Sindicato continuará tentando soluções para a questão a manterá a categoria informada sobre os desdobramentos da solicitação.

Share.

Leave A Reply

2 + 7 =