Sindicato comemora 39 anos em festa tradicional com “salchipão”

0

Para a categoria aeroviária, o final de maio sempre foi sinônimo de aniversário do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre, uma festa que já conta com muitos anos de tradição, oferecendo sempre o tradicional salsichão com pão, também conhecido como “salchipão”, e chope à vontade.

Este ano a festa acontecerá no dia 29 de maio, das 18h até a meia-noite, na sede do Sindicato. Apesar de a data cair numa quarta-feira, é véspera de feriado, antecedendo o dia de Corpus Christi. Os ingressos estarão disponíveis em breve na mão dos diretores da entidade e também na sede, com valores de R$ 20 para sócios e dependentes e R$ 50 para convidados (quaisquer outras pessoas).

Nestes 39 anos de história, o Sindicato acumulou vitórias, conquistando direitos e mantendo uma Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) das mais completas do país, conquistou também muitas vitórias jurídicas e é até hoje parte da liderança pela solução definitiva do Aerus, prestando assim uma representação de qualidade para quem está na ativa e para os aposentados.

Parte de um todo, é assim que se vê o Sindicato. Para a entidade, ninguém é uma ilha e por isso integra a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (FENTAC), o Departamento Intersidical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e o International Transport Forum (ITF).

Referência também em responsabilidade econômica, o Sindicato é exemplo para outras entidades por seu planejamento e saúde financeira, tendo feito bons investimentos e uma boa reserva, o que permite que, mesmo em momentos turbulentos, ainda possua caixa para se manter. “Essas são algumas características dessa entidade que permitem ter uma noção do tamanho que tem essa casa”, afirma a direção do Sindicato.

Fechando 39 anos desde a fundação da associação que deu origem ao Sindicato, a diretoria reflete sobre os diferentes períodos atravessados durante essas quase 4 décadas. “Este Sindicato viu a aviação se transformar, empresas abrirem e fecharem, aeroviários ingressarem na profissão e se aposentarem, viu governos bons e ruins, e a categoria pode ter certeza que estamos fazendo todo o possível para que mais festas de aniversário como essa possam acontecer pelos próximos 10, 20 ou 30 anos”, finaliza a direção.

Share.

Leave A Reply

1 + 8 =