CAMPANHA SALARIAL: Categoria declara greve com início nesta terça (30)

0

Nesta sexta (26), os aeroviários de Porto Alegre decidiram em assembleia pela deflagração de greve. Ao todo, 201 trabalhadores participaram da votação, sendo 98,1% dos votos a favor da greve e 1,9% contrários à paralisação.

Das 4h30 até às 17h, a direção do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre consultou a categoria no Salgado Filho sobre a proposta. A abertura da urna se deu às 17h07, quando foi apurada a decisão dos aeroviários pela greve.

Prevista para iniciar nesta terça-feira (30) às 6h, a paralisação tem prazo indeterminado. A reivindicação dos trabalhadores é que o reajuste oferecido pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA) seja pelo menos equivalente ao acumulado da inflação.

Sem reajuste no ano de 2020, a categoria hoje recebe o salário que recebia em 2019. “Em um país onde a inflação eleva os preços todo mês, os aeroviários veem seu poder de comprar ser reduzido tem pelo menos dois anos”, afirmam os representantes dos trabalhadores.

No momento, o SNEA oferece 5% de reajuste até maio, quando este índice será substituído por 7%. A previsão da inflação somente dos últimos doze meses gira em torno de 10% a 11%, o que “torna essa oferta das empresas insuficiente se formos considerar apenas o último ano, sem mencionar todo 2020 onde já recebemos um salário defasado”, pontuam os diretores do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre.

A entidade conta com a presença dos trabalhadores para a manifestação que será realizada no horário de início da greve. “6h do dia 30 de novembro, é o nosso encontro marcado com os trabalhadores pra buscarmos esse reajuste que julgamos justo”, finalizam os diretores do Sindicato.

Share.

Leave A Reply

4 + 6 =