Editorial: Sindicato comemora 36 anos de história nesta quinta (27)

0

Data muito especial no calendário da categoria aeroviária gaúcha, o aniversário de 36 anos do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre é comemorado nesta quinta (27). Pelo segundo ano consecutivo acontecendo de forma fora do habitual, a entidade vem expressar em palavras o que em outros anos foi dito em alto e bom som ao microfone em uma festa na sede.

Para explicar aos aeroviários que não estão habituados com a comemoração, os aniversários do Sindicato são tradicionais pelo salsichão com pão e chope, tudo servido na hora. Durante muitos anos, os trabalhadores lotaram os salões de festa e o pátio da entidade para comemorar as conquistas e para celebrar a luta em defesa do trabalhador.

As conquistas

Pelos aeroviários gaúchos, o Sindicato travou inúmeras lutas jurídicas, garantindo milhões em pagamentos de direitos trabalhistas. Pelos adicionais de insalubridade ou periculosidade ou por outras questões, frequentemente a entidade noticia pagamentos que são fruto de uma constante vigilância sobre os direitos dos trabalhadores.

Nesta data, o Sindicato também considera importante destacar a Campanha Salarial, que tem como fruto a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), responsável por reajustes, por novas conquistas e que mantém e avança em direitos para os aeroviários gaúchos.

É responsabilidade dessa luta pela CCT que todos os anos os trabalhadores podem usufruir de direitos que outras categorias não possuem, como é o caso da remuneração de 100% e 150% nas horas extras, do vale alimentação sem desconto na folha e do auxílio creche.

Durante essas três décadas e meia de vida, o Sindicato protagonizou embates em diversas frentes. Pelo pagamento da Aerus, participou do movimento que acampou dentro do Congresso Nacional, no Salão Verde, e acabou garantindo o pagamento para esses trabalhadores que contribuíram com anos de trabalho para a aviação gaúcha e brasileira.

36 anos de história e muita luta

São muitas as histórias da entidade nestes 36 anos, e todas elas passam pelas vidas dos trabalhadores que vivem a aviação. Por fim, a direção do Sindicato gostaria de expressar o seu mais profundo agradecimento por todos os aeroviários que contribuíram para a construção desta jornada, desse patrimônio material e histórico do qual todos podem se orgulhar.

“Queremos continuar escrevendo a história da aviação em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e no Brasil, continuar mantendo o reconhecimento que temos hoje. Somos uma das categorias mais fortes do país, e para isso, contamos com os trabalhadores gaúchos para dar continuidade”, afirma a direção da entidade.

Share.

Leave A Reply

3 + 2 =