Editorial: O Dia da Consciência Negra e um futuro mais representativo em Porto Alegre

0

Neste dia 20 de novembro, celebrado nacionalmente como o Dia da Consciência Negra, temos uma ótima notícia em Porto Alegre. A data, que marca uma reflexão no calendário dos brasileiros sobre o negro em nossa sociedade, ganhou contornos extremamente positivos depois da eleição do último dia 15 de novembro, onde votamos para os cargos de prefeito e vereador.

Conforme constatou o site de notícias Sul21, o número de pessoas negras na Câmara de Vereadores passou de uma para cinco, sendo uma delas a candidata mais votada na cidade Karen Santos (PSOL), Matheus Gomes (PSOL) como quinto mais votado, seguidos por Laura Sito (PT), Bruna Rodrigues (PCdoB) e Daiana Santos (PCdoB). Em 2016, houve apenas um eleito negro, Tarciso Flecha Negra, falecido em 2018 e que era filiado ao partido PSD.

A maior representatividade negra na Câmara conquistada através do grande número de votos destes candidatos nos assegura que os próximos quatro anos poderão ser diferentes em Porto Alegre. Para o Sindicato, esta é uma mudança que é muito bem-vinda, que reflete no legislativo municipal um pouca mais de como a cidade de fato é. “Nós acreditamos muito que uma política mais representativa faça toda diferença. Nossa sociedade é muito plural, não faz sentido que somente parte dela possua representação direta na nossa política”, afirma a direção da entidade.

Para além desta reflexão política, a entidade propõe que os aeroviários façam uso deste dia para questionar o meio em que vivem, a empresa em que trabalham, os comércios que frequentam e a cultura que consomem. “Os estabelecimentos que eu frequento empregam pessoas negras? Os filmes que eu assisto tem pessoas negras no elenco ou na equipe de produção? E a música que eu escuto? Questionamentos assim podem nos levar a procurar por diversificar mais a nossa própria vida, assim como nossa sociedade mostrou que está buscando diversificar a nossa política”, completa a entidade.

Por último, o Sindicato aproveita a data para reafirmar a importância do posicionamento antirracista por parte de todos e todos os dias. A direção da entidade aponta o piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton como um exemplo a ser seguido. Para a direção sindical, ele se utiliza de sua posição de destaque para trazer debates que são importantes e “pode ser que nós, por menor que seja nossa projeção nos ambientes que frequentamos, possamos fazer o mesmo e ajudar nesta luta que é fundamental”, finalizam os diretores do Sindicato.

Share.

Leave A Reply

4 + 7 =