Táxi Aéreo terá assembleia sobre CCT no dia 24

0

Na próxima sexta-feira (24), os aeroviários que trabalham no setor de Táxi Aéreo poderão aprovar ou rejeitar a proposta do Sindicado Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (Sneta) para a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2018/2019. Durante todo o dia, os diretores do Sindicato visitarão as empresas do setor para recolher os votos dos trabalhadores.

A proposta que será apreciada pelos aeroviários é de um reajuste de 0,5% nos salários e 3,56% nos pisos salariais. Já os benefícios possuem uma porcentagem maior de reajuste, com novos valores afixados. Na proposta, o seguro de vida será elevado para R$ 11.149,69, diárias para R$ 54,06, o vale-refeição passará para R$ 16,72 e o vale-alimentação/cesta-básica, para salários até R$ 4.842,99, passará para R$ 230,81. Os reajustes, caso aprovados, serão aplicados retroativamente a data-base de 1° de dezembro.

A nova CCT também contém uma nova cláusula que prevê a criação previdência privada com seu custo dividido entre empresa e trabalhador. No texto do novo item é estabelecido o prazo de seis meses para que as empresas implementem o benefício, sendo o custeio deste de 1% do salário-base por parte da empresa e 0,5% por parte do trabalhador.

Para o Sindicato, esta nova cláusula é uma espécie de compensação pelo baixo índice de reajuste proposto pelo Sneta. Segundo a direção da entidade, a participação dos aeroviários nessa assembleia é fundamental, já que sem a presença da categoria nessas decisões, não há representatividade.

Share.

Leave A Reply

5 + 1 =