Coletes malfeitos atrapalham rotina no Salgado Filho

0

Um erro na impressão dos números de identificação nos coletes refletores dos trabalhadores do Salgado Filho está causando problemas nos terminais. Para acessar a pista, é necessário que o trabalhador apresente seu crachá, que é conferido, juntamente com o colete, pelos profissionais do raio x. São muitas as divergências entre essas numerações dos crachás e dos coletes refletivos, o que atrapalha o andamento do trabalho nestes setores de pista.

Para o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre, este é um exemplo de falha de comunicação que acontece seguidamente entre Fraport e empresas aéreas.

Como em muitos casos, a exemplo de demandas que são jogadas de um colo para o outro, a gestora do Salgado Filho e as empresas que nele operam não se entenderam nestas identificações de coletes e crachás. A entidade sindical está trabalhando para garantir que nenhum trabalhador seja prejudicado por este problema.

Share.

Leave A Reply

6 + 4 =