Luz de alerta acende na Campanha Salarial 2018/2019

0

Reunião bimestral com o Snea sinaliza tentativa de retirada de direitos dos trabalhadores

Na quinta-feira (23), a penúltima reunião bimestral deu o tom de como serão as negociações da Campanha Salarial 2018/2019. Apesar da tentativa do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre, da Fentac/CUT e dos demais sindicatos de aeroviários em retomar a discussão de suas pautas, o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) não entregou nenhum retorno para as demandas.

Os sindicatos dos trabalhadores estão buscando algumas mudanças chave para a categoria. O cumprimento da cláusula que fixa em dez dias o prazo de entrega do Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), assim como a extensão do auxílio creche aos pais aeroviários e a homologação das demissões serem feitas sempre ao lado do Sindicato, evitando prejuízos financeiros aos trabalhadores, são algumas dessas demandas trabalhistas.

Já a pauta do sindicato das empresas é vista como um “pacote de maldades” pelos diretores das entidades sindicais e representantes dos trabalhadores. O Snea tem em sua pauta a implementação de um banco de horas, mudanças nas cláusulas que preveem garantia de emprego às vésperas da aposentadoria e de redução de força de trabalho, além da retirada da obrigatoriedade do Registro Eletrônico de Ponto (REP).

A previsão do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre é de uma batalha dura pelos direitos dos aeroviários nesta Campanha Salarial. Para a entidade, o comprometimento com a união por parte de todos os aeroviários será mais do que fundamental para que a força da categoria seja o motor deste embate que deverá ser o mais duro dos últimos anos.

Share.

Leave A Reply

4 + 5 =