Sindicato faz nova reunião com a TAP ME para defender demandas dos aeroviários

0

Diretores do Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre reuniram-se, na manhã da última quinta-feira (19/10), com a presidenta da TAP ME, Glaucia Loureiro, para questionar a empresa sobre as irregularidades denunciadas pelos trabalhadores, além de obter informações sobre o andamento das demandas reivindicadas pela categoria. Veja por tópicos os assuntos tratados nessa reunião.

  • LIMPEZA DE UNIFORMES: Finalmente, a limpeza dos uniformes da TAP ME está acontecendo em dia, mas o Sindicato reivindica que o serviço se estenda a todos os trabalhadores.
  • PLANO DE SAÚDE: O plano segue em andamento. O Sindicato exigiu explicações sobre a coparticipação. Os valores elevados se tornam inviáveis para os trabalhadores. O Sindicato relatou casos que serão investigados e reforçou que no próximo contrato é fundamental que haja atenção nos valores e percentuais, evitando um descontentamento coletivo.
  • PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS: a empresa Mercer está elaborando um novo plano de cargos e salários para as bases do Rio e POA, para aplicar os novos modelos até janeiro de 2018. O Sindicato será informado sobre o funcionamento e as regras para promoções.
  • DEMISSÕES: Segundo a empresa, as demissões continuarão ocorrendo até meados de julho de 2018 e haverá desligamento da mão de obra indireta.
  • TÉCNICOS DE SEGURANÇA: O Sindicato segue firme na exigência da contratação de mais técnicos de Segurança do Trabalho para dar conta de fato da proteção à saúde e segurança dos funcionários.
  • ÓCULOS DE SEGURANÇA DE GRAU: O prazo foi reajustado para que os trabalhadores recebam o EPI de forma eficaz. A ação já está ocorrendo.
  • PINTURA E LIMPEZA: Os valores das horas extras serão pagos na próxima folha, sendo que metade desses recursos já foi creditada.
  • GALVANOPLASTIA: Os problemas da sala parecem uma novela. Um gerente local fará uma reunião com os trabalhadores para determinar a melhor maneira de realocá-los, acompanhado de um diretor do Sindicato. Já o vestiário feminino está em fase orçamentária, e a construção foi aprovada. O Sindicato segue atento.
  • PROVAS DA ANAC: O Sindicato obteve um avanço importante, com a confirmação de que a primeira prova da Anac será 100% subsidiada pela TAP ME. Caso o trabalhador venha a ser reprovado e precise refazer a prova, a empresa vai realizar o pagamento dessas taxas junto à Anac e depois descontar em cinco parcelas, no contracheque. A empresa estava querendo estabelecer um limite de provas, mas o Sindicato conquistou que o número seja ilimitado.
  • OBRAS: O telhado do prédio da Marcenaria já foi totalmente restaurado e, em torno de 15 dias, o local deverá ser liberado para uso. O telhado do setor de Motores também passará por obra. A isolação acústica do setor de Metalização está sendo avaliada. No prédio do setor de Infraestrutura, a TAP ME está avaliando a possibilidade de realocar os Bombeiros.
Share.

Leave A Reply

6 + 1 =