Fique alerta

0

Se aproveitar de um momento triste como esse que estamos passando na TAP ME para obter ganhos políticos, é no mínimo eticamente questionável, não acham?

E o pior, pode levar a consequências danosas no ambiente de trabalho, confundindo as pessoas, prejudicando as ações em defesa dos reais interesses dos trabalhadores, como garantia do emprego, boas condições de trabalho, saúde e segurança, fiscalização, defesa dos direitos da categoria.

Num momento em que enfrentamos mais um processo de negociação para garantir a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho, e todas as mudanças prejudiciais aos direitos dos trabalhadores por conta da Reforma Trabalhista, que entra em vigor agora em novembro, a união de todos, a transparência e o foco no trabalhador são fundamentais para defender nossos interesses coletivos.

Quem atua para benefício próprio, para aparecer, não está interessado no interesse coletivo, não é?

Share.

Leave A Reply

1 + 7 =