Sindicato se prepara para enfrentar mudanças nas leis trabalhistas

0

Ao lado de outros sindicatos de todo o país e movimentos sociais, o Sindicato dos Aeroviários de Porto Alegre participou de praticamente todas as atividades promovidas pela CUT-RS, inclusive do protesto histórico realizado em Brasília em 24 de maio, das greves gerais em 28 de abril e 30 de junho, além dos protestos no Aeroporto Salgado Filho, para tentar barrar a reforma trabalhista, recentemente aprovada no Congresso.

IMG_3068

Infelizmente, a sociedade brasileira não compreendeu os enormes prejuízos que seriam causados por essa reforma a todos os trabalhadores do país, não se mobilizou e, assim, não foi possível barrar esse projeto.

Diante dessa nova realidade, o Sindicato está se debruçando para entender os meandros dessa nova legislação e lutar em defesa dos direitos dos trabalhadores nessa conjuntura, muito mais difícil, onde a opressão do empregador sob o empregado perdeu quase todos os limites que antes protegiam o lado mais frágil.

O diretor do Sindicato Osvaldo Rodrigues foi eleito como delegado para representar os aeroviários gaúchos no Congresso Extraordinário da CUT, que será realizado em agosto, convocado em razão dessa reforma.

Dentre as mudanças que a nova legislação impõe destacam-se a possibilidade de jornada fracionada, de divisão das férias, de negociação direta entre patrão e empregado e a não necessidade de homologação de rescisões trabalhistas junto à entidade sindical.

Share.

Leave A Reply

4 + 6 =