TAP ME POA não abrirá PDV em 2017

0

Vários setores continuam em condições de trabalho de risco

Em janeiro de 2017, a TAP ME reuniu quatrocentos funcionários, presidente, vice, setor de RH para dar o anúncio de que teria um Plano de Demissão Voluntário em Porto Alegre. Nesta quarta-feira (10/5), em reunião com diretores do Sindicato, a TAP ME comunicou que não haverá plano de demissão voluntária em 2017. Para levar essa notícia ao trabalhador, não houve reunião em auditório.
Na terça-feira (9), mais um trabalhador tomou banho de combustível. Esse é mais um exemplo da falta de comprometimento dos superiores da TAP ME, que ganham muito, mas fazem muito pouco. O Sindicato lamenta que os responsáveis pela segurança do trabalho e pela infraestrutura não estejam à altura do que os trabalhadores da empresa merecem. Não faz muito tempo, um prédio quase desabou em cima destes “responsáveis”, e há vários setores em condições de risco iminente à vida do trabalhador, como o de Atuadores Elétricos e Infraestrutura.

Aeroviário, não é o Sindicato que escolhe reclamar, denunciar e exigir. Num mundo ideal, o Sindicato teria pouco ou nenhum trabalho, pois todas as normas do Trabalho seriam cumpridas. Quando a empresa se omite e desrespeita as normas, cabe ao Sindicato denunciar e tomar todas as medidas cabíveis.

Share.

Leave A Reply

3 + 5 =